Passei mal e fui ao médico, disse a ele sou miastênica, ele respondeu: O QUE É ISSO?


sábado, 27 de abril de 2013

O simples cortar de um bife


Acordei com dor no corpo, mas era apenas mais um dia como muitos. 
Fui visitar minha sogra e durante o bate papo na cozinha comecei a sentir uma dor na região da costela que subia até o peito. Depois de alguns minutos sentada comecei a sentir que minha mão direita não me obedecia mais, tomei um analgésico e pedi deitei um pouco.

Depois de alguns minutos deitada comecei a sentir uma grande falta de ar e a dor nas costelas aumentou, levantei e sentei na varanda até a respiração melhorar. Voltei para cozinha, todos estava almoçando minha sogra sugeriu que eu fizesse o mesmo, eu  não estava com fome mas achei que poderia ser pior ficar sem comer. Meu filho colocou meu prato e eu comecei a comer, até e chegar o momento de cortar o bife. Eu simplesmente não consegui, não tinha força na mão o suficiente para cortar um simples bife, meu filho vendo minha dificuldade começou a cortar o bife para mim, foi quando eu percebi que  tinha chegado ao ponto de ter dificuldade de me alimentar sozinha, ao ponto do meu filho adolescente ter que me ajudar, foi impossível não chorar, levantei na hora e fui para banheiro, por que eu não queria ter uma crise de choro na frente dos outros.

Depois que consegui parar de chorar lavei o rosto e voltei para mesa, meu marido puxou conversa e começou a me falar de alguns aplicativos do celular, até que ele me pediu para ler um trecho em inglês do aplicativo, eu simplesmente não consegui enxergar direito, a imagem ficou turva, dupla não sei direito, comecei a chorar de novo e pedi para ir embora. 

Cheguei em casa e fui direto para cama, dormi umas 6 horas, acordei melhor mas ainda estou com dor, na verdade passei a tarde na cama, agora no final da noite resolvi desabafar aqui um pouco, mas ainda estou enxergando mal, por isso peço desculpas por algum erro.

Vou voltar a descansar amanhã quero ir a igreja, preciso de forças.

sexta-feira, 26 de abril de 2013

07 de Abril 2013


Hoje não estou bem, estou cansada, muita dor nas juntas, é domingo vou deitar, preciso descansar.


2º dia: Dor generalizada, cansaço extremo, falta de ar, mas graças a Deus sem dificuldade para engolir (isso para mim é pior que falta de ar), mas é segunda feira e eu preciso trabalhar.

3º dia: A dor nos membros superiores esta mais forte, mal consigo andar, a bacia dói, hoje esta particularmente difícil

4º dia: Quarto dia de dor consecutiva sem trégua, dor nos membros superiores e inferiores, um pouco menos intensa, o começo do dia mais difícil. Fim de tarde mais tranquilo, a dor diminuiu o cansaço não, mas a diminuição da dor já é um bom sinal, acho que vou melhorar.